Petição de juntada de fotos

Modelo de petição requerendo a juntada de fotografias como prova em processo de direito de família

0 154
Não deixe de avaliar
  • 5/5
  • 5 ratings
5 ratingsX
1 2 3 4 5
0% 0% 0% 0% 100%

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 00ª VARA DE FAMÍLIA DA CIDADE (PP).

 

 

 

 

 

Ação de Reconhecimento e Dissolução de União Estável  

Proc. nº.  445566-77.2018.10.09.0001

Autora: Maria das Quantas

Réu: Joaquim das Quantas

 

 

                                               Intermediada por seu mandatário ao final firmado, comparece, com o devido respeito à presença de Vossa Excelência, MARIA DAS QUANTAS, já qualificada na peça vestibular, para requerer o que se segue.

 

                                      O Réu, com a contestação, que dormita às fls. 33/49, refuta, veementemente, que houvesse participado de festas comemorativas com a Autora.

 

                                      Diante disso, buscando, sobremodo, afastar essa pretensão de refutar-se esses fatos, requer-se, com apoio no art. 422 do Código de Processo Civil, a juntada aos autos, como prova do quanto alegado na inicial, de 9 (nove) fotos. Essas, como se depreende, destacam, seguramente, que ambos, autor e réu, estiveram, por exemplo, na festa natalina de 2015. (doc. 01/9)

 

                                      Tocante a essa modalidade probatória, eis o que se observa da jurisprudência:

 

RESPONSABILIDADE CIVIL. DANO MORAL. UTILIZAÇÃO DE FOTOGRAFIAS DAS APELANTES EM AÇÃO DE EXECUÇÃO DE ALIMENTOS, AJUIZADA CONTRA O ATUAL NAMORADO DA APELANTE.

Exercício regular de direito (art. 188, do Código Civil). Ônus probatório que constitui verdadeiro direito autônomo. Fotografias que constituem meio probatório legal e moralmente legítimo para comprovar a situação financeira do devedor de alimentos (art. 369 e 422 do CPC/15). Não comprovado dolo ou má-fé na conduta da apelada (art. 373, I do CPC/2015). Ação de alimentos que, ademais, tramitou em segredo de justiça. Danos morais. Não caracterização. A chave funcional do dano moral está no princípio constitucional e fundamental da dignidade da pessoa humana (art. 1º, inciso III, da Carta da República). Conduta que não implicou em dano, nem lhe impôs situação vexatória. Ausência de real penetração de eventual conduta ilícita e indevida na sobre a personalidade humana. Hipótese de mero aborrecimento, tédio ou desconforto que é típica do cotidiano. Sentença mantida. Recurso desprovido. (TJSP; APL 1000892-58.2016.8.26.0606; Ac. 11259703; Suzano; Sétima Câmara de Direito Privado; Rel. Des. Rômolo Russo; Julg. 13/03/2018; DJESP 19/03/2018; Pág. 2636)

 

                                      Por fim, solicita-se que a parte adversa seja instada a manifestar-se acerca desta prova. (novo CPC, art. 422, § 1º)          

 

Respeitosamente, pede deferimento.

 

Cidade (PP), 00 de setembro de 0000.

 

CONFIRA TAMBÉM ESTES OUTROS MODELOS DE PETIÇÕES

Petição de manifestação conforme despacho do juiz

Modelo de mandado de segurança c/c pedido de medida liminar

Petição de juntada de cópia de agravo de instrumento (CPC, art. 1018)

Petição de juntada de procuração em processo criminal com pedido de vistas

Contagem dos prazos nos embargos de declaração

Petição de juntada de boletim de ocorrência

 

Deixe uma resposta